Thursday, 3 November 2011

Curso intensivo de Yoga Terapia Hormonal ...



Curso intensivo de Yoga Terapia Hormonal para Menopausa e Problemas Hormonais

Em cinco dias vai poder aprender todas as técnicas e sequências do Yoga Terapia Hormonal, sem necessidade de ter conhecimentos prévios de yoga!

Peço-vos que vejam e partilhem entre vossas irmãs e amigas. Grata.

Um abraço com carinho,Patrícia Lesage



sobre Kathrin Wörner http://www.kathrin-woerner.com/

Reservas:Patrícia Lesage - 960 265 210 ou reflexologialesage@gmail.com

Saturday, 29 October 2011

"El efecto que produce la llegada de un hijo a tu vida..."


"El efecto que produce la llegada de un hijo a tu vida recuerda a lo que ocurre al lanzar una pequeña piedra en un estanque. Se crean ondas que se expanden hacía afuera y que no sólo afectan a tú existencia, sino a la de tu núcleo familiar, tus amigos, la familia menos cercana, la comunidad, y por último a todo el planeta"
(Kaur Khalsa, Grumukh).

"Y dios me hizo mujer,
de pelo largo
ojos, nariz y boca de mujer,
con curvas y plieguez
y suaves hondonadas
y me cavó por dentro,
me hizo un taller de seres humanos
tejió delicadamente mis nervios
y balanceó con cuidado el número de mis hormonas.
Compuso mi sangre
y me inyectó con ella
para que irrigara todo mi cuerpo;
nacieron mis ideas
los sueños
el instinto.....
Todo lo creó suavemente
a martillazos de soplidos y taladros de amor,
las mil y una cosas que me hacen mujer todos los días,
por las que me levanto orgullosa todas las mañanas
y bendigo mi sexo."

Monday, 19 September 2011

TSAMPA O alimento do Futuro



TSAMPA

... Alimento (uma bolinha) que substitui uma refeição.

No caso de que os alimentos em determinado momento escasseiem, em casos de conflitos ou de severas mudanças terrestres que poderão acontecer.

Seria importante que, as pessoas saibam como elaborar este alimento, pois uma só bolinha já elaborada do mesmo substitui uma refeição, claro junto com líquido suficiente.


Nota importante para que enfatizes

NÃO É PERMITIDO VENDÊ-LO...

É para que se formem grupos nas comunidades e o preparem em cada casa e o tenham guardado herméticamente, pois pode durar até sete anos, livre de fungos e bactérias.


Elaboração do TSAMPA


Os ingredientes necessários para a confecção do TSAMPA são 9:

1. Feijão vermelho
2. Grão de bico
3. Lentilha
4. Milho seco
5. Amendoim natural
6. Mel puro
7. Banana verde
8. Soja em grão
9. Trigo seco


A quantidade é determinada pelo número de pessoas que farão parte na preparação e posterior repartição do TSAMPA. Em nosso grupo, composto por 15 integrantes, se tomou como medida básica 5 quilos. Foram feitas perto de 1.700 (bolinhas) de SAMPA e em sua repartição ficou mais de cem bolinhas para cada um.

É importante que se respeite a proporção de “1 por 1” entre todos os grãos. Quer dizer que se se estabelecer como medida básica 1 quilo, deverá ser 1 quilo de feijão, 1 de grão de bico e assim sucessivamente para todos os componentes. Se se toma como medida básica 3 quilos, deverão ser 3 quilos de feijão, 3 quilos de grão de bico, 3 quilos de lentilhas e assim para todos os ingredientes.


Nota sobre a Banana verde: Para obter 1 quilo útil de banana têm que se descascar 5 quilos de banana verde, portanto, se por exemplo se se estabelece como medida básica 5 quilos, tem que descascar 5 x 5 = 25 quilos de banana verde para se conseguir a quantidade necessária; logo se corta em tiras para poder tostar antes de moê-la.

Nota sobre o Mel: Em geral o mel é utilizado na proporção de “1 por 3”, quer dizer, se se estabelece como medida básica 1 quilo, a quantidade de mel necessária para amassar o TSAMPA é de três quilos; se se estabelece uma medida básica de 5 quilos a quantidade necessária é de 15 (5 x 3 = 15) quilos de mel puro. Entretanto, no momento da preparação do TSAMPA o sentido comum sugerirá a quantidade exata do mel a utilizar, já que as bolinhas não devem ficar nem muito secas, que poderiam desmanchar-se em seguida, nem muito molhadas, já que demorariam muito tempo para secar ou poderiam deformar ou achatar no momento de serem armazenadas.


PREPARAÇÃO TOSTADO: Todos os ingredientes serão tostados em separado, já que cada um tem seu grau de tostagem específico. A banana uma vez cortada em tiras pode ser seca ao sol, se é que tem a possibilidade de fazê-lo. Se não, simplesmente se pode tostá-la num forno para logo moê-la.


MOAGEM: Se moem os ingredientes separadamente já que cada um tem seu grau de dureza específico (o milho é o mais duro de moer) utilizando um moinho manual tipo corona. (NÃO UTILIZAR MOINHO ELÉTRICO). Recomenda-se não utilizar moinhos elétricos de nenhum tipo já que ao utilizar estes artefatos se estaria privando aos ingredientes do corpo elétrico ou corpo energético, que também os vegetais possuem e que neles constitui em definitivo o elemento nutritivo principal para nós, os humanos.


MISTURA: Quando tiver todos os grãos e a banana moída, juntam-se todas as farinhas, dependendo da quantidade em um,dois ou mais recipientes não de metal e sim de plástico, tomando o cuidado de fazer uma mescla o mais uniforme possível.


MISTURA COM MEL: Quando as farinhas estiverem bem misturadas, coloca-se gradualmente o mel.Vai amassando manualmente toda a mistura até obter a consistência desejada, procurando não deixar pequenas bolinhas de farinha sem mel.

BOLINHAS: Quando estiver toda a massa pronta, bem misturada, nem muito seca e nem muito molhada, fazem-se manualmente pequenas bolinhas do tamanho aproximado de uma bola de golfe ou pingue- pongue.


SECAGEM: Quando terminar de fazer as bolinhas, deixar secar num local adequado e possivelmente à sombra, tomando cuidado de cobri-las com um pano ou tela que impeça que os insetos, sobretudo as moscas, possam colocar ali seus ovinhos, estragando assim um trabalho de muitos esforços. Uma boa secagem se obtém quando as bolinhas de SAMPA tenham uma consistência não muito dura e apresentem certo grau de maleabilidade sem serem demasiadas pegajosas.


CONSERVAÇÃO: Uma vez obtido uma boa secagem se passa para a conservação. Recomenda-se armazenar as bolinhas de TSAMPA em recipientes de vidro possivelmente de boca larga que, além de assegurar uma boa conservação natural, permitem um acesso fácil na hora de pegá-las, entretanto também pode utilizar-se um recipiente de plástico... Ambos os tipos de recipientes devem ficar fechados herméticamente para que não haja aceleração no processo de deteriorização das bolinhas ao serem expostas ao ar.



Um TSAMPA bem preparado, que teve uma boa secagem, longe de mosquitos e de insetos e que tenha sido bem armazenado, chega a conservar-se perfeitamente comestível por um tempo de não menos de quatro anos e isto já foi comprovado por vários de nossos amigos.


CONSUMO: O TSAMPA é um alimento altamente energético. O consumo de uma bolinha de TSAMPA é o equivalente a uma das três refeições que normalmente consumimos num dia, portanto com a ingestão diária de três bolinhas de TSAMPA não se necessita consumir nenhum outro alimento, já que só elas fornecem ao organismo a energia necessária e suficiente para seu desenvolvimento funcional durante o dia. Em tempos “difíceis”, o TSAMPA preparado e armazenado com antecipação pode ser a única tábua de salvação frente a escassez de alimento ou diante da impossibilidade de consumir o que se consiga ao redor devido a sua contaminação, seja química, biológica ou nuclear.



Observações: A experiência acumulada nas anteriores preparações do TSAMPA, nos impulsiona a formular as seguintes sugestões: Se o TSAMPA vai ser preparado por um determinado número de pessoas, se aconselha, para diminuir os tempos e facilitar a preparação, repartir entre os componentes do grupo a compra dos ingredientes e a tostagem dos mesmos que poderá ser efetuada, esta última, permanecendo cada um em sua respectiva casa. No dia estabelecido quando tiver todos os ingredientes já prontos, poderão reunir-se em um local escolhido aonde se termina primeiro a moagem dos ingredientes, logo a mistura das farinhas, depois a mescla com o mel e finalmente a confecção das bolinhas de TSAMPA.


Quando estiverem já prontas as bolinhas, é recomendável que da secagem,contagem e repartição se encarregue uma só pessoa que goze da plena confiança de todos os componentes do grupo. Recomenda-se em primeira instância, que todas as crianças (filhos, sobrinhos, netos ou simples amiguinhos dos componentes do grupo) sejam sempre bem-vindas em todas as fases da elaboração do TSAMPA, em especial no momento de moer os grãos, atividade que lhes fascina. Recomenda-se enfim que todas as pessoas que participam da repartição final das bolinhas estejam presentes e participem diretamente em todas e cada uma das fases da preparação das mesmas, em especial na fase da mistura do mel, já que durante este processo, se estará transmitindo a energia de todos e cada um dos componentes do grupo. Desta forma a energização do TSAMPA será muito maior e maiores serão os benefícios no momento de consumí-lo. Cada jardim tem seus mistérios, que só a mão paciente do jardineiro é capaz de decifrar. Por isto prefere concentrar-se no sol, na chuva, nas estações. Não nas opiniões e dizeres dos demais. Ter sempre presente que a parte mais importante de ti é teu ser interior, tua alma, tua mente, teu espírito, e tudo aquilo que está dentro de ti. Sem estas partes invisíveis, teu ser físico não poderia existir. Assim como cuida de teu corpo também cuida de tua alma..

Assim como alimentas teu corpo, também alimenta teu espírito...




por Miguel Angelo Roque Veiga

Papo Supren - Tsampa parte 2 de 2

Papo Supren - Tsampa parte 1 de 2

O Ayurveda na Saúde Feminína



1ª Parte – Sábado 1 de Outubro
Conceitos introdutórios
As diferentes fases da mulher e os seus ciclos: infância, puberdade, fase menstrual, menopausa, velhice
Os distúrbios menstruais e tratamento
A infertilidade
A maneira ayurvédica de contracepção
A concepção e a sua preparação


2ª Parte – Domingo 2 de Outubro
Gravidez, parto, nascimento, cuidados infantis,
Os diferentes problemas de saúde femininos e respectivo tratamento
Aborto espontaneo e tratamento


Este workshop destina-se a mulheres de todas as idades, particularmente àquelas que procuram cuidar-se de forma mais natural, conscientes de um significado mais amplo da saúde, em harmonia com a sua própria natureza.
Este trabalho é igualmente indicado para profissionais que cuidam de mulheres e para todos os que desejem aprofundar os seus conhecimentos sobre ayurveda.


Com Dr. Ghanashyam Marda, médico ayurvédico e professor na Tilak Maharashtra University, a exercer a sua actividade clínica em Pune, na Índia. Nos últimos 10 anos tem viajado regularmente pela Europa ministrando cursos e palestras em centros de terapias e universidades.


Data/Horário: 1 e 2 de Outubro (10h-13h e 14h-17h)
Local: Daya – Yoga e Terapias (Rinchoa/Sintra)

Participação: 65 euros (1 dia) / 110 euros (2 dias - workshop completo)
*desconto de 10% para os alunos do Daya
Inscrições e mais informações:


Thursday, 25 August 2011

You Need To Be Hydrated: Drink Coconut Water.


Natural Remedies Central

You Need To Be Hydrated: Drink Coconut Water.

Pure coconut water contains five electrolytes. These are sodium, potassium, magnesium, phosphorous, sodium and calcium. These are absolutely necessary to our bodies. It is therefore perfect for the man in the street.

We don't realize it but many of us exist in a clinically dehydrated state: It is a known concern with respect to the elderly. If you wake up on the morning and find it difficult to bend your fingers because they were slightly swollen, this is due to the body's attempt to conserve fluid in the tissues in the face of dehydration. The cure is to drink more water during the day.

Coconut water has been found to be beneficial for:

1. UTI or any kind of bladder infection
2. diarrhea
3. balancing blood sugar levels.
4. the kidney
5. leg cramps (that occur in the night)
6. cooling your body on a really hot day
7. acid reflux
8. helping in weight loss
9. cleansing the digestive tract
10. raising your metabolism.
11. lowering blood pressure

If you like me, find it hard to drink water throughout the day, then coconut water is the answer. This is because it has the perfect balance of sodium and potassium and keeps us in the hydrated for longer periods of time.

This is why in the tropics, where work in the sun in sometimes inevitable, Nature has grandly provided umpteen coconut trees, so that people can savor the water within the coconut to refresh and hydrate them.

For many people it gives then a natural high, a sense of satisfaction that comes form drinking a cocktail, but without any sense of unease. It gives one a sense of relaxation.


Coconut Water Facts:

1. Coconut water contains more potassium about 294 mg than most sports drinks, which have about 117mg.
2. Coconut water has less sodium (25mg) where sports drinks have about 41 mg and energy drinks have 200mg
3.Coconut water has 5 mg of natural sugars, compared to the sucrose of other drinks
4. Coconut water is naturally sterile
5. Coconut water is better than processed baby's milk because it contains lauric acid, which is present in breast milk.
6. Coconut water is healthier than most fruit juices in terms of calorie intake.
7. It has no cholesterol.

Ann Marie

http://www.amazon.com/Foods-That-Osteoporosis-Marie-Lucas/dp/1461105269/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1314260303&sr=1-1

http://www.naturalremediescentral.net/NaturalRemediesblog

Wednesday, 17 August 2011

7 Natural ways to cure Acne



Natural Remedies Central

7 Natural Ways To Cure Acne


Acne is both painful and embarrassing. If you don't suffer from it well and good. If you do, or know dear ones who do, this article will be most helpful.

Once again… forget the creams and ointments for Acne. Go to your kitchen and you will find most of the things recommended here except perhaps witch hazel lotion and Aloe Vera gel that you would have to go to your drug store to purchase. Here are 7 prescriptions:

Number 1:
Aloe Vera Gel. It is full of anti-bacterial and anti-inflammatory properties that are especially good for torn skin (which occurs when a pimple bursts). Don't just apply it on the face, get some Aloe Vera juice and drink it up too.

Number 2:
Lemon juice mixed with the same amount of rose water helps enormously. It helps kill the bacteria that help to form those pustules. Be aware that when you have lemon juice on your face you must avoid the light. Leave it on for half an hour or so before you wash it off.

Number 3:
Another method, perhaps after applying the lemon method, is to mix equal amounts of sandalwood powder with rose water. You may wash it off after half an hour or keep it overnight on our face.

Number 4:
Eat more fruits and juices. Failing which take about 1000-2000 mg of vitamin C. Your body needs it for healthy skin. Include carrot in your fruit juices and make sure you get adequate amounts of vitamin E as well in the form of a few (about 3 or 4) walnuts or almonds a day.

Number 5:
Make and apply a mask once in three days: Take the white of an egg mix with a teaspoon of witch hazel and lemon juice and leave it on till it dries. Then wash off with warm water.
Witch hazel is a powerful anti-bacterial. Apply it (it comes as a clear solution) as often as you need.

Number 6:
Neem is also a good solution for acne. If you can't get hold of Neem, try to get Neem tablets and try taking two to three capsules for a period of two months and you would be amazed at the results. Also try to get hold of a Neem soap (they are not at all expensive) it works wonders.

Number 7:
To get rid of acne scars, apply coconut water on your face and make sure to drink it too.

So I have outlined to you the pathway to healthy skin without those pesky pustules and pimples. Apply all seven ways diligently and you will be very happy with the results.


Ann Marie


http://www.naturalremediescentral.net/










Thursday, 4 August 2011

Guia Zen - Terapias de A a Z - nº2 (Edição Especial)




Guia Zen - Terapias de A a Z - Artigo sobre Reflexologia


"Prevenir o aparecimento de doenças"




Caros Amigos/as

Saiu o nº 2 da revista "Guia Zen - Terapias de A a Z", mês de Agosto 2011, que contém um artigo que escrevi sobre Reflexologia (págs.56/57).


Este Guia tem o propósito de reunir as mais variadas terapias, métodos, práticas e exercicíos como forma de dar a conhecer um leque variado de opções existentes à disposição de cada um para melhorar a sua saúde,com o objectivo de favorecer ou restabelecer o bem-estar e o equilíbrio natural do sistema do corpo humano.


Procurem nos quiosques, bancas e lojas de revistas!

Namasté!

Maria da Luz Cardoso

Tuesday, 2 August 2011

Kiwi e as suas propriedades antioxidantes



Um estudo do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos sugere que o kiwi está entre as frutas com maior quantidade de antioxidantes, incluindo vitaminas e flavonóides, que podem neutralizar radicais livres associados a doenças crónicas e ao envelhecimento. Nos testes, os pesquisadores mediram os níveis de antioxidantes no organismo de sete mulheres, registrando aumentos na capacidade antioxidante do sangue e aumentos na resistência das células ao dano oxidativo após o consumo das frutas. Eles observaram que, em relação à oferta de antioxidantes, os kiwis alcançaram uma pontuação de 12,5, contra 4,2 de uvas e 1,7 dos morangos, frutas reconhecidamente ricas em componentes saudáveis. Segundo os autores, o consumo do kiwi foi responsável por maior metabolismo e absorção de antioxidantes.

Esta fruta exótica com uma estranha aparência (que não agrada muito), depois de ser saboreado, com o seu gosto levemente azedo, o kiwi vai ganhando o seu espaço na preferência de muitos.

kiwi é uma ótima fonte de Vitamina C, E, B6, niacina, potássio, magnésio, cobre, fosfato e fibras dietéticas, possui gordura e nenhum teor de colesterol. Tem efeitos antiinflamatórios, antioxidantes, anticancerígenos e laxativos.

A perfeita combinação das vitaminas A e E pode diminuir o risco de doenças cancerígenas, artério-coronarianas e melhora o sistema imunológico. A vitamina B6, A e a niacina são encontradas em quantidades menores que as outras, porém, estas agem atenuando as rugas da pele.

Alguns dos elementos minerais que o compõe, o cálcio, magnésio, ferro e especialmente o potássio, contribuem para equilibrar a tensão arterial, que aumentam as defesas do organismo na prevenção das gripes e resfriados, além das quantidades razoáveis de fibras solúveis, que auxiliam a diminuição dos níveis de colesterol no sangue.

Por causa da clorofila, é uma das poucas frutas de coloração verde quando madura.


Confira esta delícia que você pode fazer com o kiwi:


Sumo de Abacaxi, Kiwi e Hortelã

Ingredientes
3 fatias grossas de abacaxi
2 kiwi
hortelã a gosto
2 copos de água
pedras de gelo
adoçante a gosto


Modo de preparação
Pique grosseiramente as fatias de abacaxi, de kiwi e bata no liquidificador. Acrescente a hortelã, gelo e a água. Bata bem para incorporar os ingredientes. Se preferir um suco sem fibras passe pela peneira e sirva decorando com uns ramos de hortelã.

Saturday, 9 April 2011

La graviola, 10.000 veces más potente que la quimioterapia

http://www.yamelose.com/medicina/la-graviola-10-000-veces-mas-potente-que-la-quimioterapia.html

Thursday, 3 March 2011

Mulheres de Corpo e Alma


Mulheres de Corpo e Alma by Sapo Mulher
Um dia inteiro para quem se ama
Dia 2 de Abril de 2011, Fórum Picoas em Lisboa, 9:00 às 19:00
Para as mais ousadas, sexys, inteligentes, sensíveis, divertidas, ambiciosas e criativas, descontraídas, e felizes, criámos o evento Mulheres de Corpo e Alma.


Apoiaram o evento em Lisboa e Porto as seguintes marcas: Guerlain, Reebok Easytone, Pure Logical, Activo Bank, Nestlé Fitness, Great Lenghs, Vitamin Water, REN, Perfectil, Ever-Fit, Sapo Mulher, Rádio Capital, Rádio Marginal, Oxigénio Rádio, Revista Happy, Revista Luxos, Nipon SPA, Nestlé Gold, Body Shop, Pharmastyle, BodySol, Massimo Dutti, Schwartzkopf, Lipton IceTea, Cafés Delta, Yves Rocher, Alprosoya, EcoTrading, Caudalie, Hotel Infante Sagres, Angkor Wat SPA, EMMA, Wink, Douro Cabe, Fita Azul Woman, Hidrolinfa, Center Novidades, Centro Yoga Pazpazes, Revista Zen Energy, Revista Flor de Lotus, Revista Saúde Actual, Time Out, Revista Saber Viver,
A SIC Mulher, a TVI, TVI24, RTP, RTPN e Porto Canal noticiaram o evento

Esta é já a terceira edição de um evento irresístivel para o sexo feminino. Com o apoio das melhores marcas do mercado construímos um dia de sonho para o ser humano mais forte, lindo, completo e fantástico: as mulheres.

Não perca esta oportunidade para se mimar e divertir.

yoga, nutrição, maquilhagem, ayúrveda, massagem, coaching, dança, body balance, body vibe, consultoria de imagem, meditação, pilates, defesa pessoal, tratamentos de pele e muito mais.

Oferta de um Kit de apoio na inscrição e muitas outras prendas!

Estamos de regresso a Lisboa com um programa imperdível.
Mulheres de Corpo e Alma, by Sapo Mulher

Sala Workshops 1
10:00 "Workshop de Bons Relacionamentos" - Silvia Nazário da Brahma Kumaris
11:00 "Bio-psicologia - O Mistério da Consciência" com Dada Dhyanananda da Associação Ananda Marga
12:00 Técnicas Orientais para controlo das Emoções, Nuno Henriques, "Ser ou Não Ser"
13:30 Coaching, "Poder Pessoal" com Ricardo Laranjeira, Ser ou não Ser
15:00 Coaching, "As Mulheres e a Gestão do dinheiro" - Gestão de Finanças Pessoais com Alexandra Almeida
16:30 Auto Massagem com Luís Barreto da Associação Ananda Marga
18:00 Workshop de Feng Shui

Sala Workshops 2
10:00 Workshop de Bra Fitting da Dama de Copas
11:00 Workshop de Maquilhagem
12:30 Consultoria de Imagem 'O que vestir ao longo dos anos' com Cristina Abreu da Image Concept/ Massimo Dutti.
14:00 Workshop de cabelos
15:00 Workshop Cuidados com a pele
16:00 Workshop de Maquilhagem
17:30 Workshop "Segredos Íntimos da Mulher" Rosangela Leite
18:30 Workshop de Nutrição

Sala ZEN
10:00 Aula de Yoga com João Silva
11:00 Relaxamento e Meditação ao som de Taças Cristal de Quartzo, com João Silva
12:00 Tai Chi com Diana Pinheiro, E.S.Medicina Tradicional Chinesa
13:00 Raja Yoga Brahma Kumaris / Meditacao orientada e comentada, Silvia Nazário
14:00 Workshop de "Riso e Beleza, atracção fatal", Lilia Abreu
15:00 Aula de Tantra Yoga e Meditação com Susana Caramelo da Ananda Marga
16:00 Tai Chi, Nuno Henriques, Ser ou Nao Ser
17:00 "Meditação - Defina o seu próprio Destino" com Dada Krsnananda da Ananda Marga
18:30 Workshop de culinária vegetariana 'Cozinhando para a sua saúde' com Shiilla Serrano da Ananda Marga

Sala Em Forma
10:00 Aula de Defesa Pessoal, Leonardo Pereira
11:00 Aulas de Body Vibe e Body Balance da Viva Fit
12:00 Aula de Pilates c/ João Pedro Magano da b'chill out
14:00 Aula de Danças Latinas c/ Margarida Antunes
15:00 Aulas de Body Vibe e Body Balance da Viva Fit
16:00 Aula de Defesa Pessoal
17:00 Aula de Pilates c/ João Pedro Magano da b' chill out
18:00 Aula de Dança Oriental

Nota: o programa pode sofrer alterações até à data da realização do evento.

SPA
NIPON SPA, Massagem Shiatsu
Uma massagem gratuita a todas as participantes

Cabeleireiro e Manicure
Douro Cabe
Um penteado e manicure gratuitos por marcação.
PROGRAMA E INSCRIÇÕES ONLINE A PARTIR DO NOSSO SITE, WWW.MULHERESDECORPOEALMA.COM , ASSEGURE DESDE JÁ O SEU LUGAR.

Terra Alternativa Lda
Rua Eça de Queiroz, 18 - 2º Andar
1050-218 LISBOA

Tel: 213153075 Tmn: 960055150

http://www.mulheresdecorpoealma.com/

http://www.terraalternativa.com/

Tuesday, 1 March 2011

A doença como caminho


Este texto é uma indicação de leitura do livro "A Doença Como Caminho", de Thorwald Dethlefsen e Rüdiger Dahlke, que trata do conteúdo psicológico associado a vários tipos de doenças e incidentes, os quais por não conseguirmos trabalhar / montar adequadamente em nossa psique, passam a fazer parte da nossa "sombra", não sendo percebidos conscientemente, manifestando-se, então, em nosso corpo físico, para que assim os possamos vivenciar, para superar e integrar seus conseqüentes desafios e ensinamentos.Por fazerem parte de nossa "sombra", habitando exatamente nosso inconsciente, e não o consciente, o mais normal é que não aceitemos estar vivendo ou ter alguma coisa haver com quaisquer dos assuntos levantados em relação às perguntas e questões associadas às doenças citadas. O mais normal é negarmos a existência das situações cogitadas em relação a nossas vidas...
A nosografia é uma prática milenar que se constitui na descrição sistemática das doenças, que é exatamente do que trata o livro aqui indicado. Esse tipo de abordagem tem uma diferenciação fundamental em relação aos remédios (que são necessários dentro de contextos específicos, diferente do uso banalizado que vêm tendo), pois age focando a causa das doenças, enquanto os remédios agem sobre os efeitos, sem nada acrescentarem ao processo de trabalho das causas a não ser fazer com que a pessoa possa ganhar algum tempo para se recompor, o que perde o efeito e sentido nas abordagens com medicações a médio e longo prazos.

Focar a causa das doenças nos leva à questão de qual a memória/lembrança a ser resgatada pela pessoa(*), de modo a tornar-se novamente uma manifestação da perfeição universal.(*) bem como do entendimento do porque da experiência de vida dolorsa pela qual está passando.Aqui estão apenas algumas das doenças listadas e num resumo muito geral, contendo apenas a parte de questões levantadas em alguns capítulos, além de um texto na íntegra sobre "depressão", para servir como exemplo. Vale a pena ler o livro, que traz além deste "guia rápido" copiado aqui, a análise e interpretação ligada aos diversos sistemas do corpo físico, e possuí-lo posteriormente como guia para consultas quando oportuno.
Um outro livro excelente com esse mesmo tipo de abordagem é: Metafísica da Saúde - Sistemas Respiratório e Digestivo - Valcapelli & Gasparetto.Ao final, segue ainda uma lista complementar sobre o mesmo assunto com a visão da americana Louise L. Hay.


Infecção - um conflito que se materializou
Quem mostra predisposição a inflamações está tentando evitar conflitos.
No caso de contrairmos uma doença infecciosa, devemos nos fazer as seguintes perguntas:
1 - Qual o conflito existente em minha vida que até agora eu não vejo?
2 - Que conflito estarei evitando?
3 - que conflito tento fingir que não existe?
Para descobrir que conflito se trata, basta prestar atenção ao simbolismo do órgão afetado ou da parte doente do corpo.

Alergia - uma agressividade que se materializou
A pessoa alérgica deve fazer a si mesma as seguintes perguntas:
1 - Por que não suporto tomar consciência da minha agressividade, e a transfiro para a manifestação corporal?2 - Quais âmbitos da vida me inspiram tanto medo que procuro evitá-los?
3 - Para que temas apontam os meus alérgenos?
4 - Até que ponto uso minha alergia para manipular o meio ambiente?
5 - Como encaro o amor, qual é a minha capacidade de amar?

Respiração - Assimilação da Vida
No caso de doenças que tenham relação com a respiração, a pessoa doente deve fazer a si mesma as seguintes perguntas:
1 - O que me faz sentir falta de ar?
2 - O que me recuso a aceitar?
3 - O que estou evitando dar?
4 - Com o que não desejo entrar em contato?
5 - Acaso terei medo de dar o passo para uma nova liberdade?

Asma
Perguntas que a pessoa asmática deve fazer a si mesma:
1 - Em que âmbitos da vida quero receber sem dar nada em troca?
2 - Consigo confessar conscientemente minhas agressões?
Que possibilidades disponho para expressá-las?
3 - Como lido com o conflito entre a vontade de dominar e a sensação de inferioridade?
4 - Quais setores da vida valorizo e quais rejeito?
Posso sentir algo do medo que fundamenta meu sistema de valores?
5 - Quais setores da vida procuro evitar por considerá-los sujos, baixos, ignóbeis?
Não se esqueça: Sempre que se sente uma limitação, ela de fato é medo!
O único modo de combater o medo é expandindo-se.
A expansão ocorre se a pessoa deixar entrar aquilo que até agora rejeitou!

Males Estomacais e Digestivos
No caso de males estomacais e digestivos, devemos nos fazer as seguintes perguntas:
1 - O que não posso ou não quero engolir?
2 - Algo está me moendo por dentro?
3 - Como lido com meus sentimentos?
4 - O que me deixa tão azedo?
5 - Como expresso a minha agressividade?
6 - Como fujo dos conflitos?
7 - Existe em mim alguma saudade reprimida de um paraíso infantil, livre de conflitos, em que eu só seja amado e cuidado, sem precisar me esforçar para nada?

Doenças Hepáticas
A pessoa que sofre do fígado deve fazer a si mesma as seguintes perguntas:
1 - Em que âmbitos perdi a capacidade de fazer uma avaliação e uma discriminação corretas?
2 - Onde é que não consigo mais decidir entre aquilo que posso suportar e aquilo que é um "veneno" para mim?3 - Em que sentido ando cometendo excessos?
Até que ponto estou "voando alto demais" (ilusões de grandeza) e onde venho ultrapassando os limites?
4 - Acaso me preocupo comigo mesmo e com o âmbito da minha "religio", de minha religação com a fonte primordial?
Ou o mundo da multiplicidade está impedindo minha percepção intuitiva?
Os temas filosóficos ocupam uma parte muito pequena na minha vida?
5 - Confio nos outros?
Doenças dos Olhos
Quem tiver problemas com os olhos, ou seja, com a visão, deve em primeiro lugar abandonar por um dia seus óculos (e/ou lentes de contato) e viver conscientemente a situação honesta de vida criada pelo fato. Depois desse dia, deve fazer um relatório honesto, descrevendo o modo como viu o mundo e as experiências que teve, o que pôde e o que não pôde fazer, no que foi impedido pela falta de visão, como lidou com o ambiente exterior etc. Um relatório como esse deve fornecer-lhe material suficiente para poder conhecer melhor sua personalidade, seu mundo e seu modo de ser.
Essencialmente, deve responder às seguintes perguntas:
1 - O que não desejo ver?
2 - Minha subjetividade tem impedido meu autoconhecimento?
3 - Deixo de ver a mim mesmo nos acontecimentos?
4 - Uso a visão para obter uma percepção mais elevada?
5 - Tenho medo de ver os contornos rígidos (definidos) das coisas?
6 - Posso suportar, afinal, ver as coisas como elas são?
7 - Qual o âmbito de minha personalidade de que procuro desviar o olhar?

Doenças do Ouvido
Quem tem problemas com os ouvidos, ou seja, com o ato de ouvir, deve de preferência fazer a si mesmo as seguintes perguntas:
1 - Por que não estou disposto a prestar atenção ao que os outros dizem?
2 - A quem ou a que não desejo obedecer?
3 - Há equilíbrio entre os dois pólos de minha personalidade, o egocentrismo e a submissão?

Dores de Cabeça
Quem sofrer de dores de cabeça o tiver enxaquecas deve fazer a si mesmo as seguintes perguntas:
1 - Com que estou "quebrando a minha cabeça"?
2 - O "em cima" e o "embaixo" estão num equilíbrio dinâmico dentro de mim?
3 - Estou me esforçando demais para subir? (cobiça)
4 - Sou um cabeçudo e tento derrubar os obstáculos com a cabeça?
5 - Tento substituir a ação pelo pensamento?
6 - Estarei sendo honesto no que se refere aos meus problemas sexuais?
7 - Por que transfiro o orgasmo para a cabeça?

Doenças de Pele
Quem teve afecções cutâneas deve fazer a si mesmo as seguintes perguntas:
1 - Acaso estarei me isolando demais?
2 - Qual é a minha capacidade de estabelecer contatos?
3 - Por trás da minha atitude defensiva não haverá um desejo de intimidade?
4 - O que será que deseja atravessar os limites a fim de se tornar visível (sexualidade, desejo, paixão, agressividade, satisfação)?
5 - O que é que de fato está "coçando" dentro de mim?
6 - Acaso resolvi viver no ostracismo?

Doenças Renais
Quando temos alguma coisa nos rins devemos fazer a nós mesmos as seguintes perguntas:
1 - Quais problemas me afligem no âmbito conjugal?
2 - Acaso tenho tendência a estagnar na projeção e, desta forma, a considerar os erros do meu parceiro como problemas que só dizem respeito a ele?
3 - Deixo de ver a mim mesmo no modo como o meu parceiro se comporta?
4 - Ando me apegando a velhos problemas e, deste modo, interrompendo o fluxo do meu próprio desenvolvimento?
5 - A que salto para o futuro meu cálculo renal está tentando me estimular?

Bexiga
Doenças na bexiga sugerem as seguintes perguntas:
1 - A quais âmbitos me apego, embora ultrapassados, e só à espera de serem eliminados?
2 - Em que ponto me coloco sob pressão e a projeto para os outros (exames, o chefe)?
3 - Que assuntos gastos devo abandonar?
4 - Por que choro?

Doenças Cardíacas
No caso de perturbações e doenças cardíacas devemos fazer as seguintes perguntas:
1 - Há equilíbrio entre meu coração e minha cabeça, entre a compreensão e o sentimento?
Eles estão em harmonia?
2 - Dou espaço suficiente para meus próprios sentimentos, me atrevo a demonstrá-los?
3 - Vivo e amo de todo coração ou apenas participo, sem grande entusiasmo?
4 - Minha vida transcorre num ritmo animado ou a forço a dotar um ritmo rígido?
5 - Ainda há combustível e explosivos suficientes em minha vida?
6 - Tenho escutado a voz de meu coração?

Distúrbios do Sono
A insônia deve servir de motivo para se fazer as seguintes perguntas:
1 - Até que ponto dependo do poder, do controle, do intelecto e da observação?
2 - Acaso posso me desapegar?
3 - Como desenvolvo minha capacidade de entrega e minha sensação de uma confiança básica?
4 - Acaso me preocupo com o lado sombrio da minha alma?
5 - Quão grande é o meu medo da morte?
Já me reconciliei o suficiente com ela?

Uma necessidade exagerada de dormir suscita as seguintes questões:
1 - Ando fugindo da atividade, da responsabilidade, da conscientização?
2 - Vivo num mundo quimérico e tenho medo de acordar para a realidade da vida?

Lista das Correspondências Psíquicas dos Órgãos e Palavras-chave para as Partes do Corpo

  • Bexiga - Pressão, desapego
  • Boca - Disposição para receber
  • Cabelos - Liberdade, poder
  • Coração - Capacidade de amar, emoção
  • Costas - Correção
  • Dentes - Agressividade, vitalidade
  • Estômago - Sensação, capacidade de absorção
  • Fígado - Avaliação, filosofia, religião
  • Gengivas - Desconfiança
  • Intestino delgado - Elaboração, análise
  • Intestino grosso - Inconsciente, ambição
  • Joelhos - Humildade
  • Mãos - Entendimento, capacidade de ação
  • Membros - Movimentos, flexibilidade, atividade
  • Músculos - Mobilidade, flexibilidade, atividade
  • Nariz - Poder, orgulho, sexualidade
  • Olhos - Discernimento
  • Ouvidos - Obediência
  • Órgãos genitais - Sexualidade
  • Ossos - Firmeza, cumprimento das normas
  • Pele - Delimitação, normas, contato, carinho
  • Pênis - Poder
  • Pés - Compreensão, firmeza, enraizamento, humildade
  • Pescoço - Medo
  • Pulmões - Contato, comunicação, liberdade
  • Rins - Parceria, discernimento, eliminação
  • Sangue - Força vital, vitalidade
  • Unhas - Agressividade
  • Vagina - Entrega
  • Vesícula biliar - Agressividade

Segundo a americana Louise L. Hay, todas as doenças que temos são criadas por nós. Ela afirma que somos 100% responsáveis por tudo de ruim que acontece no nosso organismo. "Todas as doenças tem origem num estado de não-perdão", diz a psicóloga.
Sempre que estamos doentes, necessitamos descobrir a quem precisamos perdoar. Quando estamos empancados num certo ponto, significa que precisamos perdoar mais. Pesar, tristeza, raiva e vingança são sentimentos que vieram de um espaço onde não houve perdão. Perdoar dissolve o ressentimento. A seguir, você vai conhecer uma relação de algumas doenças e suas prováveis causas.

DOENÇAS/CAUSAS:

AMIGDALITE: Emoções reprimidas, criatividade sufocada.

ANOREXIA: Ódio ao externo de si mesmo.

APENDICITE: Medo da vida. Bloqueio do fluxo do que é bom.

ARTERIOSCLEROSE: Resistência. Recusa em ver o bem.

ARTRITE: Crítica conservada por longo tempo.

ASMA: Sentimento contido, choro reprimido.

BRONQUITE: Ambiente família inflamado. Gritos, discussões.

CANCRO: Mágoa profunda, tristezas mantidas por muito tempo.

COLESTEROL: Medo de aceitar a alegria.

DERRAME: Resistência. Rejeição a vida.

DIABETES: Tristeza profunda.

DIARRÉIA: Medo, rejeição, fuga.

DOR DE CABEÇA: Autocrítica, falta de autovalorização.

ENXAQUECA: Medos sexuais. Raiva reprimida. Pessoa perfeccionista.

FIBROMAS: Alimentar mágoas causadas pelo parceiro.

FRIGIDEZ: Medo. Negação do prazer.

GASTRITE: Incerteza profunda. Sensação de condenação.

HEMORROIDAS: Medo de prazos determinados. Raiva do passado.

HEPATITE: Raiva, ódio. Resistência a mudanças.

INSONIA: Medo, culpa.

LABIRINTITE: Medo de não estar no controle.

MENINGITE: Tumulto interior. Falta de apoio.

NÓDULOS: Ressentimento, frustração. Ego ferido.

PELE (ACNE): Individualidade ameaçada. Não aceitar a si mesmo.

PNEUMONIA: Desespero. Cansaço da vida.

PRESSÃO ALTA: Problema emocional duradouro não resolvido.

PRESSÃO BAIXA: Falta de amor em criança. Derrotismo.

PRISÃO DE VENTRE: Preso ao passado. Medo de não ter dinheiro suficiente.

PULMÕES: Medo de absorver a vida.

QUISTOS: Alimentar mágoa. Falsa evolução.

RESFRIADOS: Confusão mental, desordem, mágoas.

REUMATISMO: Sentir-se vítima. Falta de amor. Amargura.

RINITE ALÉRGICA: Congestão emocional. Culpa, crença em perseguição.

RINS: Crítica, desapontamento, fracasso.

SINUSITE: Irritação com pessoa próxima.

TIREÓIDE: Humilhação.

TUMORES: Alimentar mágoas. Acumular remorsos.

ÚLCERAS: Medo. Crença de não ser bom o bastante.

VARIZES: Desencorajamento. Sentir-se sobrecarregado.

Sunday, 16 January 2011

II JORNADAS DE MASSAGEM 4NTEP


A 4NTEP- ESCOLA DE MASSAGEM E NOVA TERAPIA vai realizar as II JORNADAS DE MASSAGEM 4NTEP, no dia 22 de Janeiro às 18 horas.

Vai ser um encontro em que vão ser feitas demonstrações de vários tipos de massagens, geotermal, ayurvédica, massagem ao rosto, 4 mãos, desportiva, quiromassagem, massagem aos pés, reflexologia, massagem com velas, etc. Os participantes vão... ter hipótese de experimentar e falar com os formadores das diversas áreas.
Irá existir um lanche onde cada um pode trazer algo e um amigo também.





Informações:

4NTEP-ESCOLA DE MASSAGEM E NOVA TERAPIA

Av. da República, nº45 2º piso 1050-187 Lisboa

21 098 69 55 / 91 444 7 444

http://www.4ntep.pt/

Receita do Dr. Pedro Choi


Depois do ano novo ouvi o Dr Pedro Choi dar esta receita. Segundo a opinião dele, quando nos excedemos na alimentação, convém fazer este preparado e tomar, pois irá ajudar a eliminar aquilo que ingerimos, e que nos faz mais mal ao nosso organismo.

Caso entenda fazer aqui vai:

  • RECEITA:

    1,5l de água
  • 1 Colher (sopa) de sumo de limão
    1 Colher (chá) de mel
    3 ou 4 grãos de sal

Bater muito bem, pode ser com a varinha, e depois beber durante o dia.

Deverá fazer isto durante 7 dias.

Espero que, caso faça, se sinta bem.